Sapucaí: 30 anos de arte e cultura brasileira

Lav Sapuc 140223 096 São Sebastião arquibancada

Texto e fotos de Valéria del Cueto

A Brizola o que é de Brizola! Na comemoração dos 30 anos da inauguração do Sambódromo Darci Ribeiro é impossível não se curvar ao – então – utópico sonho concretizado com projeto de Oscar Niemeyer. Já pensou nas incríveis experiências vividas por milhões – é isso mesmo – de foliões que pisaram na pista de desfiles da Marques de Sapucaí nesses carnavais cariocas? É muito chão…

Protegido por São Sebastião e ungido pelas baianas de todas as escolas representadas por seus mestre salas e porta bandeiras no final de semana que antecede os desfiles, o povo do samba pede passagem para, mais uma vez, fazer história na maior festa popular do planeta!

O chão vai tremer… Quem abre as comemorações na noite de domingo é o Império da Tijuca. A escola retorna ao Grupo Especial ao som dos atabaques que evoluirão na bateria de Mestre Capoeira. O enredo?  “Batuk”.  Negro, vibrante e musical.

“Verdes olhos sobre o mar, no caminho: Maricá” cantará a Grande Rio de Duque de Caxias. Os olhos gateados são os da cantora Maysa que conduz o enredo desenvolvido sobre município fluminense.

Deixando o barquinho é hora de subir o morro. O público será levado pela irreverente São Clemente para uma viagem que é a cara da escola da Zona Sul: “Favela” traz uma visão positiva do cotidiano das comunidades cariocas.

Lav Sapuc 140223 139 Torre geral sambódromo

Depois de cantar Cuiabá, em 2013, a verde e rosa ficou mais rosa. “A festança brasileira cai no samba da Mangueira” é o enredo desenvolvido por Rosa Magalhães (campeã ano passado com a Vila Isabel, lembram?). Em seu – vasto – currículo, entre outras marcas, a de ser  a carnavalesca com mais títulos conquistados no Sambódromo nesses 30 anos. Cuidado que a Mangueira vem aí: renovada e cheia de motivação.

Motivação também é uma característica do Salgueiro e seus carnavalescos, Renato e Márcia Lage. Ele, outro campeão da passarela do samba. Terra, fogo, mar e ar darão a linha do desfile tijucano: “Gaia, a vida em nossas mãos”.

A noite de domingo será encerrada com o plantão da Beija-Flor informando ao mundo quem é “O Astro Iluminado da Comunicação Brasileira”. Trata-se de Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, ex todo poderoso da Rede Globo. Com direito a aplicativo de celular para acompanhar o desfile nilopolitano (para baixar procure no Google).

Aqui, as escolas de DOMINGO com a logo do ano, enredo, samba e outros detalhes.

Amanhã, graças a Deus, tem mais…

Lav Sapuc 140223 028 Baiana São Sebastião*se preferir trocar o áudio do seu desfile experimente na internet a Rádio Arquibancada, O Carnavalesco ou as tradicionais TupiManchete.

**diagramação de Nei Ferraz

***Valéria del Cueto é jornalista, fotógrafa e gestora de carnaval. Essa crônica faz parte da série “É Carnaval”,  do SEM FIM… delcueto.cia@gmail.com

ILUSTRADO TER A A S BADO     NOVEMBRO  2009

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s