Turista e/ou viajante

Paraty 130821 065 mare alta rua coqueiro moçaParaty 130821 169 pintor na rua palheta e flores pes cruzados

Texto e foto de Valéria del Cueto

Cansaram de Paraty? Cansa não. Ainda tem um tanto pra contar. Melhor que meditar sobre os últimos acontecimentos, não é? Quer saber? Não há luz no fim do túnel. E, dito isso, vamos procurar novos interesses para aplicar as energias.

Viajar é sempre bom ainda mais quando há tempo para abordar o lugar por uma perspectiva não apenas “standard”, mas também conhecer o ritmo de vida dos locais. Depois de muito analisar, começo a chegar a brilhante e nada inédita conclusão que existem dois tipos distintos: os turistas e os viajantes. Acho que me enquadro no segundo sem, de maneira nenhuma, desmerecer o primeiro.

Engraçado é que essa atitude é quase igual a andar de bicicleta. Depois que a gente descobre, vicia. Não consigo sossegar enquanto não interajo com moradores, exploro seus desejos, convivo com seu dia-a-dia. Só fazer turismo não me satisfaz.

Normalmente começo no próprio lugar em que me hospedo ao descobrir que a encarregada do café mora longe e preferia o sistema de saúde da cidade grande. É lá que fico sabendo da peregrinação pelos supermercados, em busca das ofertas e preços baixos.

Ainda é pouco, mas já dá pra começar. Andando pelo point do comércio fica explícito o domínio de estrangeiros competindo com franquias da Richard’s e outras marcas de lojas que existem em qualquer shopping. Dizem os locais que tem um grupo comprando um quarteirão inteiro do centro histórico.

Engraçado é que parecem que eles chegam em levas. Artistas abrem ateliês, profissionais liberais estabelecem seus negócios. Argentinos, muitos argentinos. Um francês aqui, outro ali.

Saindo um pouco da área mais valorizada, encontrei os nativos. Pra falar a verdade, comecei minha busca num local bem óbvio: na Casa da Cultura, conversando com os funcionários. Ali, descobri que as duas livrarias e a revistaria do centro histórico são da mesma dona. Gostei do que vi nas prateleiras.

Também fora da muvuca fica o Teatro Espaço onde o “Grupo Contadores de Histórias” fez a sua e se tornou referência internacional no teatro de bonecos, num trabalho de mais de 30 anos.

No penúltimo dia de viagem, por causa da maré alta que invade as ruas centenárias, descobri o tamanho da loja que vende os produtos feitos pelos pescadores artesãos do Saco de Mamanguá. Quer ver as fotos? Aguarde uma próxima viagem porque, ao descobrir o caminho por dentro da loja, que vai de um quarteirão ao outro, fui soterrada de informações e imagens e preferi deixar pra explorar tanta riqueza numa próxima oportunidade. E já aviso. É lindo, exuberante e surpreendente!

Mais lindo porque, ao contrário dos barcos no porto, a maioria mantem suas cores tradicionais e puras: o azul, amarelo, vermelho e verde. O que já não se verifica no porto. Ali fui surpreendida com uma releitura do colorido das embarcações: cor de rosa, lilás, fúcsia, verde água… Segundo um marujo, o dono de um barco inventou a novidade atraindo os turistas que procuram passeios marítimos e um monte de outros barqueiros a seguiram. Virou moda. Sinceramente? Não sei não. Espero que a onda passe.

A busca da viajante não privilegia os atrativos turísticos, mas também não os exclui quando eles surgem diante das lentes fotográficas. Foi assim com a maré que me levou ao abrigo da loja de barcos. Primeiro ela se espelhou, com ares de “resista, se for capaz”. Não resisti.

Assim como não pude fazê-lo diante da cena do artista que pinta os recantos da cidade. Para meu deleite e- espero – seu também.

*Valéria del Cueto é jornalista, fotógrafa e gestora de carnaval. Essa crônica faz parte da série “Ponta do Leme”,  do SEM FIM… delcueto.wordpress.com

Anúncios

2 comentários sobre “Turista e/ou viajante

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s