FLIP 2007 – Israelense Amós Oz e mulher conquistam crianças na Flip

Paraty N141011 105 Casario correnteOu…

MANIFESTAÇÃO DE MORADORES DE PARATI QUEBRA O CLIMA DE HOMENAGEM DA
FLIPINHA À AMÓS OZ

O escritor israelense, Amós Oz um dos convidados da Festa Literária Internacional de Parati, foi homenageado na Flipinha, versão paralela infantil do evento, neste sábado. Na Ciranda “O Livro e Seus Encantos” foi realizada uma oficina sobre seu livro “De Repente, nas Profundezas do Bosque.”

Não era dia aula, mesmo assim a Tenda da Flipinha estava tomada de crianças curiosas para conhecerem o autor e sua mulher, Nily Oz. Antes do início da oficina, ela fez uma surpesa para a criançada, tocando algumas músicas de flauta doce.

ENSAIO
Nily havia feito um ensaio prévio na beira da piscina da pousada em que se hospedava, para deleite dos outros hóspedes, surpreendidos pela música suave que combinava com o ambiente bucólico. O clima só foi quebrado com o pedido, de um autógrafo ao escritor, feito por Vânia, uma alagoana que, na abordagem, acabou interrompendo o recital improvisado. Diante da acolhida simpática do casal, ela pediu mais. Agora queria uma foto.

Dez minutos antes da hora marcada para o encontro com as crianças, a assessora informou que o transporte está a espera. “Não precisamos de carro”,disse Nily. “Não é um carro”, informou a acompanhante, “é uma
charrete”. O casal comentou que viveria uma nova experiência, nunca havia utilizado este tipo de transporte.

A HOMENAGEM
No mesmo clima acolhedor eles foram recebidos pelas crianças na tenda. A algazarra cessou aos primeiros acordes da flauta de Nily. Barulho, só dos adultos. As crianças escutavam silenciosas a israelense tocando. O ritmo da música começou a ser acompanhado pro palmas e até os mais velhos entraram no clima. A música acabou e os aplausos
explodiram.

Começou a oficina em que voluntários foram convocados na platéia para representarem os personagens do livro de Amós. No palco, as crianças viram árvores de uma floresta, animais e  alunos da escola de ” De repente, nas profundezas do Bosque”. Quando o apresentador chamou alguém para ser a professora da história, instaurou-se a confusão: as crianças intimavam seus mestre presentes a assumirem o papel. Elenco
escolhido, a “peça” começava. O momento era mágico.

LUZ PARA TODOS
A atenção só foi desviada quando, na rua, em frente a tenda, uma manifestação de moradores do município, com faixas nas mãos, armou-se. Os manifestantes gritavam o bordão “Chega de moleza, luz para todos”. Algumas crianças da platéia reclamavam da quebra de concentração. O espetáculo prosseguia, o show não podia parar..

No palco a oficina estava terminado. Ao final da história, Amós e Nily Oz se juntaram aos participantes da oficina, agradecendo a homenagem. “Eu amo todos vocês, e quero que vocês amem uns aos outros, sempre.” Amós foi aplaudido de pé.

“Lindíssimo, emocionante”, diz Emília Aloisa. “Muito legal. É importante preservarmos a natureza”, opina João Vitor, de 10 anos. ” Gostei do que ele falou sobre amizade e amar uns aos outros”, complementa Whistony de Oliveira de 12.

de Parati, Valéria del Cueto para o TERRA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s