SORRY, ROCK AND ROLL, O ASSUNTO É CARNAVAL

https://i1.wp.com/multiply.com/mu/delcueto/image/4/photos/upload/300x300/Q--G1woKCjkAACYSMH41.jpg/photo-Q--G1woKCjkAACYSMH41.jpg.jpg

 

 

 

 

de   Valéria del Cueto, foto de Itamar Barbosa

Lar, doce e tranqüilo lar… Pelo menos hoje, no hiato entre o show dos Stones e o carnaval, quando a cidade se recupera do rock e se prepara para cair no samba.

É tempo de criar fantasias, testar tênis e sandálias, que é para não machucar os pezinhos na folia, transitar entre barracões das escolas de samba e pegar indumentárias para arrasar na Sapucaí.

CUIDADOS BÁSICOS

É hora de encher a geladeira de comidas leves, nutritivas e pouco trabalhosas. Não esqueça de frutas e suquinhos para ajudar a reidratar depois das noites no Sambódromo. Também e importantíssimo verificar o kit farmácia. Analgésicos, Engov e Band Aids não podem faltar…

No quesito estimulantes vou de natural: guaraná em pó. Uso o Maués, importado diretamente de Cuiabá.

Bebidas (ai!) só destiladas já que não sou da turma da loura. Aliás, na minha opinião, o que reduz minha disposição para encompridar a folia é justamente o cheiro insuportável de cerveja choca. Ele me remete a lembranças tenebrosas da pior ressaca da minha vida!

Bom, o remédio derradeiro para curar foliões ressaqueados não é para qualquer mortal: um banho de mar revigorante e revitalizante no final da tarde, antes de encarar mais uma etapa carnavalesca.

CIRCULANDO NO MUNDO DO SAMBA

Meu primeiro pit stop foi na “Cidade do Samba”, no barracão da Viradouro. Lá, a turma do Instituto do Carnaval foi buscar a fantasia da ala que o carnavalesco Milton Cunha, nosso professor, destinou a seus aplicados alunos. Afinal, esta é a hora de checarmos “in loco” a teoria que aprendemos em sala de aula, no primeiro semestre do curso.

Nesta visita, pude fazer algo que faz parte do sonho de muitos interessados na indústria carnavalesca carioca: circular livremente (com a devida autorização) pelo barracão da escola.

A primeira coisa a destacar é a beleza e o requinte do trabalho que a Viradouro está levando para o Sambódromo nos carros, alegorias, e fantasias.O segundo ponto é a impecável organização do espaço da cidade do samba. O terceiro item e, creio, que responsável pelos dois anteriores e que mais me chamou a atenção é o grupo de profissionais envolvidos na produção do carnaval da Viradouro.

É emocionante conversar com costureiras, pintores, aderecistas e demais artesãos, ouvir suas histórias, expectativas para o desfile e o carinho com que mostram suas participações individuais na grande obra coletiva que é o barracão. Nesta reta final as funções já não estão tão bem definidas e todos ajudam como podem, cortando, colando e dando os últimos retoques em nos carros “estacionados” no imenso espaço, especialmente projetado na Cidade do Samba.

A parte das alas já está concluída e os componentes estão indo buscar suas fantasias. Caminhando entre os carros alegóricos “fiscalizo” o trabalho e converso com os aderecistas e componentes da escola e, confesso: viajo…

A IDA…

Viajo na minha imaginação (parece verso de samba enredo, mas não é!). Posso ver os carros alegóricos com seus destaques e componentes, o som da bateria e da cantoria do samba enredo sobre arquitetura brasileira, cantado exaustivamente nos ensaios técnicos realizados nas ruas de Niterói e no Sambódromo. Sinto a vibração das arquibancadas, frisas, cadeiras e camarotes.

Respiro fundo, abro os olhos e cá estou eu, novamente, na Ponta do Leme. Aqui, espero a hora da largada, impaciente e ansiosa. Mas isto não é uma prerrogativa só minha: é de todos os que participam da festa. E não somos poucos…

E A VOLTA À REALIDADE

De meu mesmo, só o ponto: a Ponta do Leme. Onde mergulho no mar e nas imagens que crio daquela que é, sem dúvida, a maior festa carioca. Que nos perdoe o pessoal do rock, a festa foi ótima, mas agora é a nossa vez.

Evoé, Momo, na nossa praia é tempo de folia…

Valeria del Cueto e jornalista e cineasta. Liberado para reprodução com o devido credito

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s